Serpentine Pavilion 2019 será projetado pelo arquiteto japonês Junya Ishigami

A Serpentine Gallery de Londres anunciou o arquiteto japonês Junya Ishigami como responsável pelo projeto do Serpentine Pavilion 2019. Ishigami, que aos 44 é o segundo arquiteto mais jovem a participar do programa (depois de Frida Escobedo), é conhecido por seus projetos que exploram aspectos como leveza e efemeridade.

download (1).jpeg

O projeto de Ishigami consiste numa grande superfície de ardósia suspensa no parque, erguida por esbeltos pilotis que criam uma paisagem interna que lembra uma floresta. A penumbra proporcionada pela cobertura criará um espaço sereno para contemplação e reflexão. Ishigami explica que seu projeto para o pavilhão exemplifica a ideia de “espaço livre”, com a qual ele “busca a harmonia entre estruturas feitas pelo homem e aquelas que já existem”.

“O meu projeto para o Pavilhão brinca com as nossas perspectivas do ambiente construído tendo como pano de fundo uma paisagem natural, enfatizando uma sensação natural e orgânica como se ele tivesse crescido da relva, lembrando uma colina rochosa”, explicou Ishigami.“Esta é uma tentativa de complementar a arquitetura tradicional com metodologias e conceitos modernos, para criar neste lugar uma extensão do cenário. Com uma presença pesada, característica de coberturas de ardósia vistas em todo o mundo, e ao mesmo tempo parecendo tão leve que poderia levantar voo com a brisa, o projeto levita como um lençol ondulante.”

Ishigami é o 19º arquiteto a projetar o pavilhão, na sequência de obras de Frida Escobedo (2018), Francis Kéré (2017), Bjarke Ingels (2016) e Selgascano (2015.) O programa Serpentine Pavilion foi criado em 2000 por Julia Peyton Jones e Hans Ulrich Obrist para oferecer aos arquitetos internacionais a oportunidade de compartilhar seu talento entre um público novo e influente. O programa é famoso por seu cronograma intenso: os arquitetos selecionados têm apenas seis meses para projetar e construir seu pavilhão, resultando em um processo comprimido que estimula a experimentação e o raciocínio rápido.

“Estamos felizes em contar com o projeto de Junya Ishigami para o Serpentine Pavilion – uma estrutura influenciada pelo mundo natural e localizada em um dos espaços verdes mais importantes de Londres: os Kensington Gardens”, disseram Hans Ulrich Obrist, diretor artístico das Serpentine Galleries, e Yana Peel, CEO do programa.

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s